Capa / EUA / Arizona / Arizona: o estado do cobre
Todos os guias

Arizona: o estado do cobre

O Arizona era conhecido por ser o estado do cobre, uma de suas economias mais fortes. Muitas cidades, inclusive, foram de desenvolvendo em torno de minas de cobre e prata. Depois de desativadas, as minas sáo ótimos locais para fazer uma visitação. Além disso, o estado também oferece várias atrações relacionadas à fartura de minerais.

No sul do Arizona, a promessa de prata resultou em uma das mais famosas cidades do sudoeste americano, chamada Tombstone. O nome veio a calhar, dado que avisaram a Ed Schieffelin, um homem que buscava fazer fortunas explorando as minas, que se aventurar em um território Apache resultaria apenas em sua lápide, ou tombstone, na língua inglesa. Por fim, o investimento naquelas terras lhe rendeu bastante dinheiro.

dicas do arizona

Próxima a Tombstone, a cidade de Bisbee foi próspera durante muito mais tempo e hoje oferece tours em minas de cobre, desativadas nos anos 70. Os passeios ficam ainda mais interessantes por serem guiados por antigos mineiros que já trabalharam ali. A arquitetura da cidade permanece preservada e sua história pode ser conhecida no museu Bisbee Mining and Historical Museum.

Na cidade de Tucson, o Museu Mineral da Universidade do Arizona, dedicado à preservação de minerais e meteoritos, tem um projeto dedicado à história e cultura de mineração do sudoeste americano, com documentários sobre homens e mulheres que trabalhavam nestas minas. É um dos melhores de todo o país e deve ser incluído no itinerário de quem se interessa pelo assunto. Mas a história de mineração não é só passado e continua uma parte importante do estado. Também próximo à Tucson, na mina Asarco’s Mission, visitantes podem aprender sobre a indústria e ver como funcionam as modernas e ativas mineradores de cobre.

arizona

Para quem esté em outras partes do estado, também existem opções. Na região central, a noroeste de capital Phoenix, a cidade de Wickenburg já foi a casa da mina de ouro mais rica do estado. É possível, por exemplo, fazer uma visita à abandonada mina Vulture, entre outras atrações. Seguindo viagem até Jerome, você encontra várias atrações, como o Jerome State Historic Park, onde há um tour em uma mansão histórica e é possível aprender mais sobre a cidade e mineração.

Vá para o Arizona e conheça mais sobre sua história e porque o local se tornou o estado do cobre.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                   

Sobre Turista Profissional

Esta notícia foi publicada por um ou mais membros da equipe do blog Turista Profissional.