Capa / Países diversos / Alugando um carro nas férias de julho: que cuidados tomar
Todos os guias

Alugando um carro nas férias de julho: que cuidados tomar

Locadora dá dicas importantes para não ter surpresas na viagem

Alugando um carro nas férias de julho: que cuidados tomar

É bastante comum ver pessoas que viajam para os mais diferentes lugares tendo o avião como meio de transporte e, quando chegam ao destino, ficam em dúvida se vale a pena locar um automóvel, comprar os pacotes de city tour ou se deslocar de táxi para conhecer as belezas que o local oferece.

avis

Enquanto o serviço de táxi é caro e os city tours permitem pouca ou nenhuma maleabilidade nos roteiros, o aluguel de automóveis, seja no Brasil ou no exterior, apresenta preços mais atrativos, proporciona maior exclusividade na hora de decidir a programação e ainda flexibiliza o tempo de permanência em cada atração.

“O importante é a comodidade e satisfação do cliente, algo que a locação de automóveis pode proporcionar, desde que tomemos alguns cuidados simples. Divulgamos em nossos sites informações e dicas que o viajante deve ter antes de locar um automóvel. Isso é muito importante especialmente para quem vai para o exterior, pois as regras são diferentes”, salienta Luis Antonio Tundisi, diretor comercial da Avis Internacional.

Dados da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA) mostram ainda que o aluguel de carros no Brasil vem aumentando, com estimativa de crescimento de 15% para 2014. “Esse crescimento dos serviços de locação de automóveis mostra que o mercado está em franca expansão e que há muito espaço para novos pontos de vendas, ampliando a área de cobertura e proporcionando maior comodidade ao turista”, salienta Elaine Kovac, diretora de operações e franquias da Avis Rent a Car.

Segundo pesquisa da Mapie, consultoria especializada em turismo e hospitalidade, sobre hábitos e preferências dos viajantes a lazer, 59,4% preferem utilizar automóveis em suas férias e feriados, enquanto o avião é opção de 37,6% e o ônibus contribui com apenas 2,4%. Para Carolina Sass de Haro, sócia-diretora da Mapie, o automóvel permite ao viajante desenvolver seus próprios roteiros nas cidades visitadas.

“A pesquisa mostrou que o carro ainda é o principal meio de transporte nas viagens de lazer e a locação está inserida nesse contexto, pois permite que o turista conheça lugares que nem sempre estão nos cities tours, proporcionando uma experiência diferente e, muitas vezes, mais satisfatória”, explica.

Com todos esses pontos positivos, o turista fica bem tentado a locar um carro e conhecer os lugares dando o seu toque especial. E para atender a esse consumidor, a Avis apresenta algumas dicas e facilidades na hora de escolher o carro:

  • Como alugar um carro? Pelo site da Avis (avis.com.br ou avis-int.com), em qualquer lugar do mundo, a qualquer hora do dia ou da noite, pela central de reservas (0800 725 2847), com seu agente de viagens ou dirija-se a qualquer uma das lojas da Avis;
  • Qualquer pessoa pode locar um carro? No Brasil a idade mínima é de 21 anos e com habilitação permanente há pelo menos dois anos. No exterior, a idade mínima é de 25 anos para os EUA e na Europa varia de pais para pais (ver no site). No entanto a pessoa pode pagar uma taxa de “under age”, ou seja, uma taxa que permite ao usuário locar um veículo mesmo abaixo da idade mínima. A Avis é a única locadora que isenta o usuário desta taxa, desde que o cliente faça o pré-pagamento da locação no Brasil.
  • Para locar o carro é necessário apresentar a carteira de habilitação do condutor condizente com a categoria do veículo. No exterior é recomendável que se tenha a carteira internacional de habilitação, principalmente nos países da Europa. Já nos EUA, o único estado que pode solicitar a carteira internacional é o estado da Georgia. Demais estados não há esta necessidade.
  • Como obter a carteira internacional? Este documento é muito simples de se obter. Com a sua carteira de habilitação nacional solicitar ao Detran a emissão da carteira internacional mediante a uma pequena taxa. Em menos de uma semana sua carteira internacional será emitida.
  • É importante cadastrar todos os motoristas que dirigirão o carro.
  • É importante verificar o plano de quilometragem – para viagens longas é mais vantajoso não limitar.
  • Se estiver viajando com crianças, não esqueça de solicitar a cadeirinha adequada para cada idade.
  • Verifique se existe taxa adicional caso o veículo seja entregue em local diverso do da retirada.
  • Opte pelo seguro total, que oferece cobertura para colisão, roubo, furto, incêndio e danos a terceiros, sem a necessidade de pagar franquias.
  • O carro é entregue com o tanque cheio ao locador e deve ser devolvido da mesma forma. Caso não seja devolvido com o reservatório completo, a Avis o fará, cobrando o valor do combustível e todos os demais gastos para o reabastecimento.
  • Caso o veículo quebre durante o período de locação, como devo proceder? A Avis oferece serviço de guincho 24h (0800 702 2234) e táxi.
  • Posso atrasar na hora de devolver o carro? Uma diária de locação adicional é cobrada por completo após a primeira hora ultrapassada do horário de devolução do veículo.
  • Faça uma vistoria no veículo antes da retirada, pois avarias apresentadas no momento da entrega serão cobradas do locador.

Sobre o Avis Budget Group – O Avis Budget Group (ABG), maior operadora de locação de veículos do mundo, com um movimento anual superior a US$ 7,9 bilhões, tem presença global em mais de 10 mil localidades distribuídas em 175 países, incluindo 1.200 aeroportos. É referência em inovação e melhoria constante de serviços, proporcionando a seus clientes segurança, conforto e comodidade. No Brasil, possui mais de 50 pontos de atendimento. Mais informações e reservas em www.avis.com.br ouwww.budget.com.br.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se você estiver de viagem marcada, não esqueça jamais de seu Seguro Viagem. Lembre-se que é obrigatório para a Europa. Mas, mesmo para os países que não são obrigatórios, como os EUA, nós recomendamos fortemente que você faça, já que o sistema de saúde lá é caríssimo. É aquilo: um seguro é algo que compramos pensando em NÃO usar, né? Mas, se precisar, ele vai te amparar. Nós já utilizamos algumas vezes (em extravio de bagagem e para consultas médicas) e podemos afirmar: é essencial! Faça uma cotação aqui e ache o mais barato e o melhor pra você. O link é de uma empresa parceira do blog. Nós recebemos uma porcentagem, mas você não paga nada a mais por isso. Aliás, você paga a menos: leitores do blog têm 5% de desconto! Basta inserir este código promocional na hora de fechar o pagamento: TURISTAPRO5.

Pesquisando hotel?! Então, dê uma olhada no Booking.com! Você não paga nada pela reserva, cancela e altera quando quiser e ainda consegue os melhores preços.

Booking.com

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO:

                   

Sobre Turista Profissional

Esta notícia foi publicada por um ou mais membros da equipe do blog Turista Profissional.